sábado, 22 de outubro de 2011

Arteterapia!

Boa Tarde!! Depois de alguns dias bemm agitados estou de volta aqui no blog para fazer um post sobre algo que tem me trazido frutos bem doces! Sempre tive uma certeza no meu caminho profissional, fazer terapia não deve ser um processo monótono, nem para o paciente, nem para o terapeuta! Minha surpresa foi maior quando, ao fazer a formação aqui em Maceió, eu descobri que o processo de arte pode e é, muitas vezes, mais reveladores do que as palavras, basta que o terapeuta não se limite a análises pré concebidas e direcione as perguntas certas. Não utilizo a Arteterapia na sua pura essência, e essa é outra vantagem, agrego ao meu conhecimento em Hipnoterapia Ericksoniana e a mistura me rende bons e surpreendentes resultados!
Minha intenção aqui hoje é falar sobre este modelo de conduzir o processo terapêutico para meus colegas que ainda não conhecem e orientar os papais e mamães sobre a importância de conhecer o profissional que irá cuidar do seu filho em terapia.
Os estudos freudianos falam que as imagens "escapam" com mais facilidade do superego e sendo assim ficam mais disponíveis para que o inconsciente, parte do nosso cérebro responsável pelo armazenamento de aprendizagens e emoções, tragam a tona para a construção de novas e saudáveis realidades! Resumindo...
"A Arteterapia tem como objetivo, favorecer o processo terapêutico, de forma que o indivíduo entre em contato com conteúdos internos e muitas vezes inconscientes, que foram barrados por algum motivo expressando assim sentimentos e atitudes, até então desconhecidos."
Na minha experiência particular, tenho todos os materiais possíveis (e não chegam nem á 1/5) para que meu paciente se expresse de forma mais confortável, e não só as crianças se beneficiam, os adultos também! Porém, é dos pequeninhos que falaremos hoje! Um dado importante é procurar não direcionar seu paciente na hora da criação, dê o comando, o material e... deixe que o resto o inconsciente se encarrega... Como eu sou obcecada pelas coisas limpas e organizadas, tratei de comprar um tapete emborrachado bem gr
ande para que meu paciente (leia-se eu mesma) não fique incomodado se acontecer algum "acidente"! Tirei uma foto de um momento de criação e depois de devidamente autorizado vou postá-la aqui, quase não se vê a paciente pq a minha intenção é mostrar o tapete e a caixinha com coisinhas como: botões, lantejoulas, linhas, estrelinhas, olhinhos, etc, etc e etc...


Os ganhos que temos quando uma criança consegue "dizer" o que está em seu coração não tem preço, então a minha dica de hoje é para que os papais e mamães procurem profissionais que falem na linguagem da criança, que traduzam e embrulhem para presente e entreguem de volta a ela, seus conteúdos de forma saudável!!
Fico por aqui, desejando a todos uma semana maravilhosa!!

Bjos,

Rafaela Gonçalves
Psicóloga
CRP15/2886

Um comentário:

  1. Adorei... você escreve de forma tão carinhosa e com tanta verdade!

    ResponderExcluir